A farinha deles de cada dia - trecho do capítulo do Filhos do Rio Negro

“Existia uma índia, em uma tribo Tupi, chamada Maní. Ela era branca igual ao leite, diferente de todos os outros da tribo. Quando ela morreu, os índios enterraram a menina e a mãe de Maní ia todos os dias chorar em cima dela. Depois de uns três meses perceberam que tinha brotado uma árvore na sepultura de Maní e então chamaram a planta de Maniva. De repente a terra perto de onde Maní estava enterrada, começou a rachar e eles viram que raízes estavam aparecendo. Cortaram uma e quando viram a cor branca lembraram do corpo de Maní. Foi aí que surgiu a mandioca.
Então, segundo esse conto, é a maniva que trás a mandioca com que fazemos a nossa farinha e nos alimentamos. Essa é nossa lenda e nós temos um grande respeito pela nossa alimentação. Francisco Nogueira dos Santos, 46 anos, morador de Santa Isabel do Rio Negro, AM


Comentários